Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereadora Fernanda Miranda visita Escolas do município

Vereadora Fernanda Miranda visita Escolas do município

Publicado em 04/07/2018.
Mandato tem compromisso com a defesa e valorização da educação pública e de qualidade
Vereadora Fernanda Miranda visita Escolas do município

Foto: Assessoria vereadora

As visitas nas escolas municipais, feitas pela vereadora Fernanda Miranda (PSOL), continuam. O objetivo é averiguar os problemas enfrentados e cobrar do poder executivo o que lhe compete como dever.

Em visita à Escola Municipal de Ensino Fundamental Independência, localizada no bairro Sítio Floresta, foi constatado - novamente - a precariedade do ensino público municipal na cidade.  

A EMEF Independência não possui mais vagas para novos estudantes e trabalha, neste momento, com cerca de 835 alunos nos três turnos em que atende à comunidade. Um número que excede a capacidade física da Escola. Com salas de aula pequenas e superlotadas, até mesmo o salão/auditório vem sendo utilizado por uma turma de nono ano, no turno vespertino. Além da repartição abrigar a turma, também serve de depósito para uma série de materiais de construção.

"Ali também nos deparamos com janelas sem vidros, que tornam o ambiente frio, desagradável e impróprio para o aprendizado. O pátio da escola encontrava-se alagado, fato que se repete a cada chuva, segundo a comunidade escolar.", diz a vereadora que viu a situação de perto.

A falta de professoras  para as disciplinas de Ciências e Língua Portuguesa também afeta o educandário. O anexo escolar, que atende estudantes da pré-escola, embora tenha recebido melhorias estruturais, continua com uma acústica muito ruim, tornando o ambiente de trabalho desagradável e dificultando as atividades educacionais. 

É importante destacar que o bairro cresceu muito nos últimos anos, sobretudo, através da construção das unidades habitacionais do Programa MInha Casa, Minha Vida na região. No entanto, a infraestrutura do bairro não acompanhou esse crescimento. 

Não há uma escola de educação infantil; faltam vagas nas escolas existentes; a Unidade Básica de Saúde não suporta o aumento populacional; o transporte público é precário (poucos horários na linha e, consequentemente, superlotação).

A vereadora do PSOL ainda reforça: "Continuaremos fiscalizando e exigindo do poder público soluções para essas problemáticas."


Redes sociais

Facebook  Twitter  Youtube  Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal.  Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal.

TV Câmara

Atendimento ao Cidadão

Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal.

Leis e Processo Legislativo

Licitacon

Fique por dentro da rotina