Você está aqui: Página Inicial Imprensa O sentimento musical de Mauro Sá no Som Daqui
Ações do documento

O sentimento musical de Mauro Sá no Som Daqui

Apresentação do Programa será na segunda, 04/05

      Em virtude do feriado desta sexta, 1º de Maio, o programa Som Daqui, da Câmara de Vereadores, será realizado na segunda-feira, 04, com a interpretação muito particular e sentimental de Mauro Sá. O músico estará no plenário do Legislativo a partir das 18h30, e também poderá ser assistido, ao vivo, pelos canais 16 da Net e 12 da Blue. Ele estará acompanhado pelo músico, professor e compositor Marcelo Vaz ao piano.

    Não é por acaso que Mauro Sá fez da música o seu mundo. Já nasceu e cresceu num ambiente musical, com o pai, músico militar, tocando clarinete e saxofone e levando as partituras para estudar e ensaiar em casa. A mãe, muito afinada, não cantava profissionalmente, mas realizava os afazeres domésticos sempre cantando. Sua irmã, Cecília Laval, seguiu os passos dos pais e começou na música também muito jovem. Hoje, é compositora e professora de Canto formada pela Universidade Federal de Pelotas.

    Mauro Sá não tem formação acadêmica em música, porém trabalha profissionalmente desde 1994, começando a carreira como vocalista de banda de baile, passando por várias bandas da cidade. Nos anos 2000 optou por uma carreira solo, onde pode se dedicar aos estilos musicais que mais lhe agradavam.

    Em 2008 ingressou na banda Oficina de Sons, projeto de música autoral que participou de várias edições do Festival Seiva da Terra, auxiliando a banda a conquistar por duas vezes a primeira colocação com a melhor música e sendo premiado como melhor intérprete no ano de 2010.

    Com mais de 20 anos de carreira, sem compromisso com modismos e tendências, Mauro Sá resgata canções da MPB com uma interpretação muito particular, sempre preocupado com a escolha das músicas de seu set, pois a música segundo ele, “está muito banalizada nos dias atuais, com letras e melodias muito pobres. A música precisa provocar reflexões e sentimentos, a música precisa ser sentida, e não apenas ouvida” desafia o artista.

ANO DE 2017
O que você espera de 2017?

Votos: 1135 Resultado
Mais enquetes
Agenda
« Janeiro 2018 »
Do Se Te Qu Qu Se Sa
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031
 

Ferramentas Pessoais