Você está aqui: Página Inicial Imprensa Marcus Cunha quer proibir empresas que patrocinam candidatos de concorrer em licitações públicas
Ações do documento

Marcus Cunha quer proibir empresas que patrocinam candidatos de concorrer em licitações públicas

 

    O vereador Marcus Cunha(PDT) pediu o apoio dos demais parlamentares ao projeto de lei que vai encaminhar à Casa, para proibir empresas patrocinadoras de candidatos eleitos de participar de licitações públicas durante quatro anos após a posse. Segundo o pedetista, esta é uma forma de Pelotas contribuir “na direção de mais ética e moralidade na política no município”.

    A proposta de Marcus Cunha está nos mesmos moldes de projeto do vereador de Porto Alegre, Marcelo Sgarbossa (PT). A ideia do parlamentar pelotense é que a população e seus representantes em nível municipal não devem esperar “uma resposta de Brasília para moralizar a política. Podemos nós, em nossa cidade começar a dar essa resposta que a sociedade exige mais firmemente desde 2013”, afirmou Cunha.

    Segundo cálculos elaborados por especialistas, para cada R$ 1,00 que as empresas utilizam para financiar políticos, elas lucram R$ 8,00 em contratos públicos e este número pode chegar até a R$ 20,00. Marcus Cunha afirma que seu projeto poderá impedir que casos como o da Avenida Fernando Osório, em que a empresa alegou financiar todas as campanhas para ter a 'simpatia' dos candidatos eleitos. "Mas essa 'simpatia' custa caro. Ela é paga com o dinheiro do bolso dos contribuintes." enfatizou o parlamentar.

 

Agenda
« Fevereiro 2018 »
Do Se Te Qu Qu Se Sa
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728
 

Ferramentas Pessoais